Radiologia

De todos os exames complementares utilizados em Odontologia, os mais utilizados são os exames radiológicos, que possibilitam determinados diagnósticos, conferindo precisão, segurança e agilidade nos tratamentos. 

São muito utilizados em tratamento de canal, Ortodontia e no planejamento de tratamentos mais complexos, mas também são auxiliares importantes na detecção precoce de cáries e doenças periodontais.

 

Estamos expostos à radiação de fontes naturais todos os dias. De acordo com estimatidas recentes, uma pessoa comum recebe anualmente uma dose média de 2,5 a 3 mSv (millisievert) de fontes naturais, como por exemplo na alimentação. Estima-se que em um voo de avião de 5 horas, o passageiro receba cerca de 0,03mSv.

 

A dose de uma radiografia dentária convencional, é de 0,005 mSv, e a dose de uma radiografia dentária digital, a que utilizamos, é de cerca de 0,001 mSv, o que é considerada uma dose extremamente baixa. Para fins de comparação, uma mamografia utiliza 0,4 mSv, uma dose 80 vezes maior.

 

Embora o nível de radiação usada em Odontologia não represente um risco para o feto durante a gestação, segundo o American College of Obstetricians and Gynecologists, importante sempre informar o dentista em caso de estar grávida, pois medidas adicionais são recomendadas.